Afetividade e letramento na educação de jovens e adultos - EJA
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Afetividade e letramento na educação de jovens e adultos - EJA

Sérgio Antônio da Silva Leite
  • Cód: 9788524920219

por R$ 52,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Sérgio Antônio da Silva Leite
  • ISBN: 9788524920219
  • Número de páginas: 232
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 350 gramas

SINOPSE Este livro analisa o processo de mediação pedagógica na Educação de Jovens e Adultos (EJA), tomando-se como referência os conceitos de afetividade e letramento. Assume-se que o processo de alfabetização deve ser direcionado para as práticas sociais de leitura e escrita, sendo que a relação professor-aluno é profundamente marcada pela questão da afetividade. Tais dimensões são cruciais especialmente quando se trata de alunos adultos, que já apresentam histórias de exclusão escolar, como é o caso das salas de EJA.

Sérgio Antônio da Silva Leite

Sérgio Antônio da Silva Leite, é Psicólogo, doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Professor do Departamento de Psicologia Educacional da Faculdade de Educação da Unicamp (FE/Unicamp), a partir de 1984. Desde 1970, desenvolve e orienta estudos e pesquisas sobre a questão da Alfabetização Escolar. Nas décadas seguintes, publicou "Alfabetização: um projeto bem-sucedido" (1981), "Preparando a Alfabetização" (1984) e "Alfabetização e Fracasso Escolar" (1988), todas pela Editora Edicon. Atualmente é membro do grupo de pesquisa ALLE- Alfabetização, Leitura e Escrita, na FE/Unicamp, onde organizou o grupo do afeto, que vem desenvolvendo pesquisas sobre o tema da Afetividade no processo de mediação pedagógica. Nesse período, organizou "Alfabetização e Letramento" (Komed, 2001) e "Afetividade e Práticas Pedagógicas" (Casa do Psicólogo, 2006). Autor de "Alfabetização e Letramento" (Summus, 2010, coautoria). Foi diretor da Faculdade de Educação da Unicamp, no período 2008 a 2012. Foi conselheiro, por duas gestões, do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP/SP) e do Conselho Federal de Psicologia (CEP).
Este livro analisa o processo de mediação pedagógica na Educação de Jovens e Adultos (EJA), tomando-se como referência os conceitos de afetividade e letramento. Assume-se que o processo de alfabetização deve ser direcionado para as práticas sociais de leitura e escrita, sendo que a relação professor-aluno é profundamente marcada pela questão da afetividade. Tais dimensões são cruciais especialmente quando se trata de alunos adultos, que já apresentam histórias de exclusão escolar, como é o caso das salas de EJA.