Alfabetizar letrando com a tradição oral
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Alfabetizar letrando com a tradição oral

Fabiano Moraes, Lenice Gomes
  • Cód: 9788524921148

por R$ 52,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Coleção Biblioteca Básica de Alfabetização e Letra
  • Autor: Fabiano Moraes, Lenice Gomes
  • ISBN: 9788524921148
  • Número de páginas: 184
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 340 gramas

SINOPSE Neste livro, os autores fundamentam propostas para o professor alfabetizar letrando com os seguintes gêneros da tradição oral: provérbios, fábulas, parlendas, cantigas, quadrinhas, mitos, adivinhas, lendas e contos tradicionais. Com esse objetivo, destacam a importância do respeito à fala do aluno, abordam os aspectos lúdicos destes gêneros, traçam um breve panorama das relações da literatura infantil com a tradição oral, e descrevem o histórico da desvalorização da oralidade no Ocidente, defendendo a importância da tradição oral e da valorização do convívio intergeracional que lhe é inerente.

Fabiano Moraes

Fabiano Moraes, é graduado em Letras mestre em Linguistica, doutorado em Educação, professor substituto na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), pesquisador associado da Associação de Leitura do Brasil e da Cátedra Unesco de Leitura, diretor de Comunicação do Instituto Conta Brasil, idealizador do site Roda de Histórias (premiado pelo Ministério da Cultura [MinC]), escritor e narrador. Co-organizou Histórias de quem conta histórias, pela Cortez Editora.
Sites: www.fabianomoraes.com.br; www.rodadehistorias.com.br

Lenice Gomes

Lenice Gomes é professora e narradora de histórias, especialista em literatura infantojuvenil. Ministra oficinas, cursos e palestras em eventos nacionais e internacionais. Publicou mais de trinta livros (alguns altamente recomendáveis pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil [FNLIJ]). Co-organizou o livro Histórias de quem conta histórias ( Cortez Editora ). É curadora dos projetos Cia. Palavras Andarilhas e Noites de Histórias. É conselheira do Instituto Conta Brasil.
Blog: http://palavrasandarilhasrecife.blogspot.com
Neste livro, os autores fundamentam propostas para o professor alfabetizar letrando com os seguintes gêneros da tradição oral: provérbios, fábulas, parlendas, cantigas, quadrinhas, mitos, adivinhas, lendas e contos tradicionais. Com esse objetivo, destacam a importância do respeito à fala do aluno, abordam os aspectos lúdicos destes gêneros, traçam um breve panorama das relações da literatura infantil com a tradição oral, e descrevem o histórico da desvalorização da oralidade no Ocidente, defendendo a importância da tradição oral e da valorização do convívio intergeracional que lhe é inerente.