Análise linguística - afinal, a que se refere?
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Análise linguística - afinal, a que se refere?

Maria Augusta Reinaldo, Maria Auxiliadora Bezerra
  • Cód: 9788524920066

por R$ 36,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Coleção Leituras Introdutórias em Linguagem
  • Autor: Maria Auxiliadora Bezerra, Maria Augusta Reinaldo
  • ISBN: 9788524920066
  • Número de páginas: 96
  • Formato: 14.00 x 21.00
  • Peso: 130 gramas

SINOPSE Este livro nos possibilita compreender que, sob o rótulo análise linguística, abrigam-se perpectivas distintas de trabalho com a língua materna. Em relação ao seu ensino, verifica-se que, embora a gramática tradicional forneça um determinado tipo de análise linguística, seus estudos são considerados insuficientes para o ensino de Língua Portuguesa, quando o objeto de análise, na escola, passa a ser o texto . Assim, propõe-se a prática de análise linguística como alternativa. A partir desse momento, essa prática assume um status teórico-metodológico: teórico, porque constitui um conceito que remete a uma forma de observar dados da língua, apoiada em uma teoria, metodológica, porque é utilizado na sala de aula como um recurso para o ensino reflexivo da escrita.

Maria Augusta Reinaldo

Maria Augusta Gonçalves de Macedo Reinaldo, possui graduação em Letras pela Universidade Regional do Nordeste, mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba, doutorado e estágio pós-doutoral em Lingüística pela Universidade Federal de Pernambuco.Professora Associada III do Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da Universidade Federal de Campina Grande. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística Aplicada, atuando principalmente no ensino e na orientação de pesquisas sobre ensino de língua materna, formação de professor e análise de material didático. Participa do grupo de pesquisa Teorias da Linguagem e Ensino. É membro do conselho editorial da coleção Letras do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPE e do conselho editorial da revista Leia Escola do Programa de Pós-Graduação em Linguagem e ensino da UFCG. Tem publicado capítulos de livros, artigos em periódicos e em anais de eventos nacionais e internacionais
Este livro nos possibilita compreender que, sob o rótulo análise linguística, abrigam-se perpectivas distintas de trabalho com a língua materna. Em relação ao seu ensino, verifica-se que, embora a gramática tradicional forneça um determinado tipo de análise linguística, seus estudos são considerados insuficientes para o ensino de Língua Portuguesa, quando o objeto de análise, na escola, passa a ser o texto . Assim, propõe-se a prática de análise linguística como alternativa. A partir desse momento, essa prática assume um status teórico-metodológico: teórico, porque constitui um conceito que remete a uma forma de observar dados da língua, apoiada em uma teoria, metodológica, porque é utilizado na sala de aula como um recurso para o ensino reflexivo da escrita.