Assistência social e seus usuários - entre a rebeldia e o conformismo
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Assistência social e seus usuários - entre a rebeldia e o conformismo

Marta Borba Silva
  • Cód: 9788524923029

por R$ 52,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Marta Borba Silva
  • ISBN: 9788524923029
  • Número de páginas: 176
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 200 gramas

SINOPSE Estamos diante de um livro instigante e mobilizador, escrito com paixão pela justiça, que nos coloca frente ao usuário da Assistência Social e nos leva a levantar novas questões , tratando-se de leitura obrigatória para todos que buscam conhecer um pouco melhor a realidade das classes subalternas em relação com a Assistência Social. Como livro, interessa a todos que defendem que cabe ao Estado garantir a vida com dignidade à população, cujo direito mais universal é o da sobrevivência. Leitura imprescindível para os que buscam enfrentar e minimizar as injustiças do tempo presente pela mediação de políticas públicas.

Marta Borba Silva

Marta Borba é assistente social, mestre e doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Como servidora pública da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, tem se dedicado ao estudo da política de assistência social no Brasil e, também, da temática da população em situação de rua. Participou como organizadora dos livros: Diversidade e Proteção Social: estudos quanti-qualitativos das populações de Porto Alegre: afrobrasileiros, coletivos indígenas, crianças, adolescentes, e adultos em situação de rua e remanescentes de quilombos (2008) e A Rua em Movimento - debates a cerca da população adulta em situação de rua na cidade de Porto Alegre (2012). Em dezembro de 2013 recebeu do Prêmio Capes de Tese, menção honrosa por sua tese "Entre a Rebeldia e o Conformismo: o debate com os sujeitos demandatários da política de assistência social". Atualmente exerce o cargo de Diretora Técnica da Fundação de Assistência Social e Cidadania (PMPA).
Estamos diante de um livro instigante e mobilizador, escrito com paixão pela justiça, que nos coloca frente ao usuário da Assistência Social e nos leva a levantar novas questões , tratando-se de leitura obrigatória para todos que buscam conhecer um pouco melhor a realidade das classes subalternas em relação com a Assistência Social. Como livro, interessa a todos que defendem que cabe ao Estado garantir a vida com dignidade à população, cujo direito mais universal é o da sobrevivência. Leitura imprescindível para os que buscam enfrentar e minimizar as injustiças do tempo presente pela mediação de políticas públicas.