Autoridade do professor - meta, mito ou nada disso?
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Autoridade do professor - meta, mito ou nada disso?

Lúcia Teixeira
  • Cód: 9788524919312

por R$ 36,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Nova Coleção Questões da Nossa Época
  • Autor: Lúcia Teixeira
  • ISBN: 9788524919312
  • Número de páginas: 88
  • Formato: 14.00 x 21.00
  • Peso: 120 gramas

SINOPSE O livro recupera o discurso psicológico sobre autoridade, relacionando este conceito com os diversos papéis que compõem a competência profissional do professor universitário. Realiza uma abordagem inédita, contribuindo para a compreensão da autoridade, através de uma fecundação recíproca da Psicologia da Educação e da Sociologia. A rapidez das mudanças no plano do conhecimento e as modificações dos processos históricos de transformação da sociedade estão retirando muito dos parâmetros que as pessoas possuíam para pensar a educação, a história e a si mesmas.

Lúcia Teixeira

Lúcia Maria Teixeira é Mestre e Doutora em Psicologia da Educação, educadora, psicóloga e escritora, apaixonada por gente, animais e pela vida. Indicada ao prêmio Jabuti, recebeu outros relevantes prêmios.
Autora, entre outros livros, de Fruto proibido – um olhar sobre a mulher; Autoridade do professor – meta, mito ou nada disso; da trilogia Pagu – livre na imaginação, no espaço e no tempo; Croquis de Pagu e Viva Pagu – fotobiografia de Patrícia Galvão; e A claridade da noite – o aluno do ensino superior. Caminho para ver estrelas integra a trilogia do Tempo, formada pelos livros infanto-juvenis Tudo é possível – incrível viagem no tempo e O segredo da longa vida (o primeiro infantil brasileiro traduzido para o japonês), adotados por escolas em todo o País.
Suas pesquisas sobre o Ensino Superior embasaram o Plano Nacional de Educação. É presidente do Colégio e Universidade Santa Cecília (Santos–SP) e diretora do Sistema Santa Cecília de Comunicação – Rádio e TV Educativas.
O livro recupera o discurso psicológico sobre autoridade, relacionando este conceito com os diversos papéis que compõem a competência profissional do professor universitário. Realiza uma abordagem inédita, contribuindo para a compreensão da autoridade, através de uma fecundação recíproca da Psicologia da Educação e da Sociologia. A rapidez das mudanças no plano do conhecimento e as modificações dos processos históricos de transformação da sociedade estão retirando muito dos parâmetros que as pessoas possuíam para pensar a educação, a história e a si mesmas.