Descortesia e cortesia - Expressão de culturas
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Descortesia e cortesia - Expressão de culturas

Ana Lucia Tinoco Cabral, Isabel Roboredo Seara, MANOEL FRANCISCO GUARANHA
  • Cód: 9788524925689

por R$ 62,00 2x de R$ 31,00 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Ana Lucia Tinoco Cabral, Isabel Roboredo Seara, MANOEL FRANCISCO GUARANHA
  • ISBN: 9788524925689
  • Número de páginas: 384
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 570 gramas

SINOPSE Descortesia e cortesia: expressão de culturas reúne trabalhos de reconhecidos pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Os estudos apresentados nesta obra interessam aos especialistas da área da pragmática linguística, com foco nas interações verbais, como também aos estudantes, professores e pesquisadores em geral das áreas de Letras, Sociolinguística, Comunicação, Antropologia, Psicologia e Filosofia. Os textos tratam a descortesia e a cortesia como fenônemos que, apesar de universais por estarem presentes em toda interação, variam, conforme evidenciam as análises propostas pelos autores, de sociedade para sociedade, de grupo para grupo, configurando-se como essencialmente culturais. O conjunto dos capítulos apresentados na obra oferece ao leitor uma diversidade de abordagens com reflexões aprofundadas e atuais sobre a relação entre cultura, descortesia e cortesia.

Ana Lucia Tinoco Cabral

ANA LÚCIA TINOCO CABRAL é doutora em Língua Portuguesa Pela Pontifícia Universidade de São Paulo (2005). Realizou pesquisa de pós-doutoramento na EHESS (Paris-França). Atualmente é professora titular da Universidade Cruzeiro do Sul, no Mestrado em Linguística. Tem experiência na área de Linguística com ênfase em leitura e escrita. O quadro teórico que dá suporte às suas pesquisas insere-se na área da Linguística Textual, na linha teórica da Semântica Argumentativa com os estudos da Linguística da Enunciação. Atua principalmente nos seguintes temas: linguagem argumentativa, interação verbal escrita, linguagem jurídica, polidez linguística e uso da linguagem em práticas educativas a distância. É autora do livro A força das palavras, Editora Contexto.

Isabel Roboredo Seara

É professora do Departamento de Humanidades da Universidade Aberta, Lisboa, em Portugal. É membro do Centro de Linguística da Universidade Nova Lisboa (CLUNL) e do Laboratoire d´Études Romanes da Université Paris 8. É doutora em Linguística Portuguesa e desenvolve trabalho de investigação no âmbito dos estudos de pragmática, análise do discurso, retórica, epistolografia, privilegiando igualmente os estudos de comunicação mediada por computador, nomedamente os efeitos sociais e linguísticos das tecnologias digitais. Tem proferido conferências em várias universidades, nomeadamente em França, Espanha, Romênia, Brasil, México e Argentina. No ano de 2015 ganhou a Cátedra Ibero-Americana na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

MANOEL FRANCISCO GUARANHA

É doutor em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) na área de Literatura Portuguesa e leciona em cursos superiores nas disciplinas de Literaturas Brasileira e Portuguesa, Teoria Literária, Língua Portuguesa e Comunicação desde 1991. É professor do Curso de Letras da Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) desde 2007 e integra o Programa de Mestrado em Linguística da mesma universidade como membro permanente. É professor concursado da Faculdade de Tecnologia do estado de São Paulo (FATEC) desde 2009. Tem diversas publicações em revistas e livros acadêmicos e, em 2016, lançou o livro de contos "Escritos do sobrado morto" pela Editora "Todas as Musas"
Descortesia e cortesia: expressão de culturas reúne trabalhos de reconhecidos pesquisadores brasileiros e estrangeiros. Os estudos apresentados nesta obra interessam aos especialistas da área da pragmática linguística, com foco nas interações verbais, como também aos estudantes, professores e pesquisadores em geral das áreas de Letras, Sociolinguística, Comunicação, Antropologia, Psicologia e Filosofia. Os textos tratam a descortesia e a cortesia como fenônemos que, apesar de universais por estarem presentes em toda interação, variam, conforme evidenciam as análises propostas pelos autores, de sociedade para sociedade, de grupo para grupo, configurando-se como essencialmente culturais. O conjunto dos capítulos apresentados na obra oferece ao leitor uma diversidade de abordagens com reflexões aprofundadas e atuais sobre a relação entre cultura, descortesia e cortesia.