Desenvolvimentismo e construção de hegemonia - crescimento econômico e reprodução da desigualdade
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Desenvolvimentismo e construção de hegemonia - crescimento econômico e reprodução da desigualdade

Ana Elizabete Simões da Mota
  • Cód: 9788524919824

por R$ 52,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Ana Elizabete Simões da Mota
  • ISBN: 9788524919824
  • Número de páginas: 248
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 370 gramas

SINOPSE As reflexões reunidas nesta publicação são aportes que desmistificam o mais novo suporte para a hegemonia das classes dominantes, paradoxalmente conduzida por segmentos contagiados pelo transformismo: o neodesenvolvimentismo. Trata-se de uma publicação inquieta, cuja consequência teórica e política é a de colocar em questão o novo conformismo mítico, no mesmo passo em que alimenta as lutas sociais e de resistência aos nefastos impactos deste projeto nas consciências, no meio ambiente, nas políticas sociais. Elaine Rossetti

Ana Elizabete Simões da Mota

Ana Elizabete Mota é graduada em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (1976), tem mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (1984), doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995) e realizou pós-doutorado na Universidade Federal do Rio de Janeiro(2003). É Professora Titular do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Pernambuco e desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, além de orientações de trabalhos de conclusão de curso em nível de Graduação e Pós-graduação (Mestrado e Doutorado).
As reflexões reunidas nesta publicação são aportes que desmistificam o mais novo suporte para a hegemonia das classes dominantes, paradoxalmente conduzida por segmentos contagiados pelo transformismo: o neodesenvolvimentismo. Trata-se de uma publicação inquieta, cuja consequência teórica e política é a de colocar em questão o novo conformismo mítico, no mesmo passo em que alimenta as lutas sociais e de resistência aos nefastos impactos deste projeto nas consciências, no meio ambiente, nas políticas sociais. Elaine Rossetti