Direito dos oprimidos, O
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Direito dos oprimidos, O

Boaventura de Sousa Santos
  • Cód: 9788524922060

Confira algumas páginas

por R$ 82,00 2x de R$ 41,00 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Coleção Sociologia Crítica do Direito
  • Autor: Boaventura de Sousa Santos
  • ISBN: 9788524922060
  • Número de páginas: 456
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 660 gramas

SINOPSE Este é o primeiro volume da coleção "Sociologia Crítica do Direito": trata-se de um conjunto de livros em que o autor publicará estudos realizados nas últimas quatro décadas sobre temas de sociologia do direito. Neste livro Boaventura publica o seu primeiro estudo, realizado no início da década de 1970, que foi a sua tese de doutoramento, defendida em 1973 na Universidade de Yale (EUA). Nele, constituiu uma análise sociológica do direito informal e da resolução de litígios na favela do Jacarezinho no Rio de Janeiro. Em tempos de ditadura militar, deu ao local o nome fictício de Pasárgada, retirado de um poema de Manuel Bandeira, para não identificar a comunidade que generosamente o tinha acolhido. É a primeira vez que a tese é publicada em português.

Boaventura de Sousa Santos

Boaventura de Sousa Santos, é sociólogo, doutorado pela Universidade de Yale, é Professor catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Distinguished Legal Scholar da Universidade de Wisconsin (EUA). Diretor do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, onde dirige também o Observatório Permanente da justiça.
Este é o primeiro volume da coleção "Sociologia Crítica do Direito": trata-se de um conjunto de livros em que o autor publicará estudos realizados nas últimas quatro décadas sobre temas de sociologia do direito. Neste livro Boaventura publica o seu primeiro estudo, realizado no início da década de 1970, que foi a sua tese de doutoramento, defendida em 1973 na Universidade de Yale (EUA). Nele, constituiu uma análise sociológica do direito informal e da resolução de litígios na favela do Jacarezinho no Rio de Janeiro. Em tempos de ditadura militar, deu ao local o nome fictício de Pasárgada, retirado de um poema de Manuel Bandeira, para não identificar a comunidade que generosamente o tinha acolhido. É a primeira vez que a tese é publicada em português.

Quem viu, viu também