Educação e informática - os computadores na escola
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Educação e informática - os computadores na escola

Fernando José de Almeida
  • Cód: 9788524918780

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Nova Coleção Questões da Nossa Época
  • Autor: Fernando José de Almeida
  • ISBN: 9788524918780
  • Número de páginas: 128
  • Formato: 14.00 x 21.00
  • Peso: 170 gramas

SINOPSE Você leitor pode ler este livro com calma. Ele trata de um tema que não sairá de circulação nos próximos 100 anos! Discute um possível casamento da informática com a escola. As questões nele colocadas se espalham pela psicologia, pela política, pela sociologia, pela cultura e pala pedagogia. Explicita o pensamento com que a máquina pode trabalhar, mas também apresenta questões ao educador sobre como seu aluno pensa. De tanto ensinar, paradoxalmente, esquecemos de como o aluno aprende. O computador nos põe face a face com este problema: os processos internos de conhecimento.

Fernando José de Almeida

Fernando José de Almeida é filósofo de formação e pedagogo. Fez sua carreira acadêmica na PUC-SP, onde começou a lecionar há trinta anos no Ciclo Básico, a partir do qual entrou na veia didática da universidade e hoje dá aula no curso de pós-graduação em Educação: Currículo. Fez seus estudos de mestrado e doutorado em Filosofia da Educação, na PUC e seu pós-doutorado em Lyon, França, no IRPEACS/CNRS, sobre o uso de informática aplicada à educação, no mesmo caminho de sua tese de doutorado. Foi vice-reitor acadêmico da PUC e secretário da Educação da cidade de São Paulo (2001-2002). Atualmente trabalha também em Moçambique em projeto de formação de pesquisadores, doutores e mestres, naquele país, num convênio entre a PUC e a Universidade Pedagógica de Moçambique.
Você leitor pode ler este livro com calma. Ele trata de um tema que não sairá de circulação nos próximos 100 anos! Discute um possível casamento da informática com a escola. As questões nele colocadas se espalham pela psicologia, pela política, pela sociologia, pela cultura e pala pedagogia. Explicita o pensamento com que a máquina pode trabalhar, mas também apresenta questões ao educador sobre como seu aluno pensa. De tanto ensinar, paradoxalmente, esquecemos de como o aluno aprende. O computador nos põe face a face com este problema: os processos internos de conhecimento.