Educação matemática - pesquisa em movimento
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Educação matemática - pesquisa em movimento

Marcelo de Carvalho Borba, Maria Aparecida Viggiani bicudo
  • Cód: 9788524919398

por R$ 56,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Marcelo de Carvalho Borba, Maria Aparecida Viggiani bicudo
  • ISBN: 9788524919398
  • Número de páginas: 344
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 500 gramas

SINOPSE Os textos expressem perspectivas diferentes. Uma referente ao respeito e à aceitação da diversidade do pensamento, da produção do conhecimento e a busca pela compreensão de suas raízes. Outra revela a preocupação em perseguir o entendimento da própria produção do conhecimento.

Marcelo de Carvalho Borba

Marcelo de Carvalho Borba é o atual coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da "Unesp, Rio Claro". Foi da primeira turma de mestrado do Programa que ora completa vinte anos. Já foi coordenador do Programa em outras ocasiões.É editor do BOLEMA, um dos principais periódicos cientificos do país em Educação Matemática. Licenciado em Matemática pela UFRJ, é doutor pela Cornell University, EUA, e coordena a coleção "Tendências em Educação Matemática" da Autêntica Editora. É também pesquisador do CNPq e coordena o GRIMEM, um grupo de pesquisa na área das Tecnologias da Informação e da Comunicação que já tem dez anos.

Maria Aparecida Viggiani bicudo

Maria Aparecida Viggiani Bicudo é Professora do programa de Pós-Graduação em Educação Matemática (Unesp, Rio Claro) e Coordenadora do FEM - Grupo de Pesquisa de Fenomenologia em Educação Matemática, credenciado junto ao CNPq e presidente da Sociedade de Estudos e Pesquisa Qualitativos.
Os textos expressem perspectivas diferentes. Uma referente ao respeito e à aceitação da diversidade do pensamento, da produção do conhecimento e a busca pela compreensão de suas raízes. Outra revela a preocupação em perseguir o entendimento da própria produção do conhecimento.