Formação de professores de ciências - tendências e inovações
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Formação de professores de ciências - tendências e inovações

Anna Maria Pessoa de Carvalho, Daniel Gil-Pérez
  • Cód: 9788524917257

por R$ 36,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Nova Coleção Questões da Nossa Época
  • Autor: Anna Maria Pessoa de Carvalho, Daniel Gil-Pérez
  • ISBN: 9788524917257
  • Número de páginas: 128
  • Formato: 14.00 x 21.00
  • Peso: 170 gramas

SINOPSE É necessária uma profunda revisão da formação - inicial e permanente - dos professores, de forma a incorporar, nessa formação, as aquisições da pesquisa sobre a aprendizagem das Ciências e, em particular, as propostas de orientação construtivista. Visando nos aprofundar nessa problemática, dividimos este livro em duas partes. Na primeira apresentamos as necessidades formativas do professor de Ciências, dando bastante enfoque à ruptura que esse professor deve ter com as visões simplistas sobre o que seja ensinar Ciências. Ao discutirmos o que o professor deve "saber" e "saber fazer" para transformar o pensamento espontâneo do professor, propomos a ideia de uma aprendizagem como construção do conhecimento com as características de uma pesquisa científica. Na segunda parte do livro, em uma visão mais ampla, sugerimos uma análise crítica da formação atual dos professores de Ciências e fazemos uma proposta de reestruturação para os estudos da formação destes professores.

Anna Maria Pessoa de Carvalho

Anna Maria Pessoa de Carvalho é licenciada e bacharel em Física pela USP. Fez seu doutoramento em Educação, na área de ensino de ciências na FEUSP. É pesquisadora senior do CNPq, professora da Pós-Graduação em Educação da FEUSP e da Pós-Graduação Interunidades de Ensino de Ciências ambos da USP e coordenadora do Laboratório de Pesquisa e Ensino de Física/LAPEF da FEUSP. Foi dietora da FEUSP no período de 1994-1998. Pertenceu a Diretoria da SBF (Secretária de Ensino) e foi represetante brasileira na International Commission on Physics Education (1991-2000) quando foi eleita secretária por dois mandatos (1994-2000). Foi presidente do Conselho Curador e Diretora Executiva da Fundação de Apoio à Faculdade de Educação - FAFE. Pertenceu aos C.As de Educação do CNPq e da CAPES. É representante brasileira no Conselho Interamericano de Ensino de Física (foi presidente deste Conselho no período de 1991-1993). Pertence a Academia Paulista de Educação.
É necessária uma profunda revisão da formação - inicial e permanente - dos professores, de forma a incorporar, nessa formação, as aquisições da pesquisa sobre a aprendizagem das Ciências e, em particular, as propostas de orientação construtivista. Visando nos aprofundar nessa problemática, dividimos este livro em duas partes. Na primeira apresentamos as necessidades formativas do professor de Ciências, dando bastante enfoque à ruptura que esse professor deve ter com as visões simplistas sobre o que seja ensinar Ciências. Ao discutirmos o que o professor deve "saber" e "saber fazer" para transformar o pensamento espontâneo do professor, propomos a ideia de uma aprendizagem como construção do conhecimento com as características de uma pesquisa científica. Na segunda parte do livro, em uma visão mais ampla, sugerimos uma análise crítica da formação atual dos professores de Ciências e fazemos uma proposta de reestruturação para os estudos da formação destes professores.