Língua como prática social - das relações entre língua, cultura e sociedade a partir de Bourdieu e B
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Língua como prática social - das relações entre língua, cultura e sociedade a partir de Bourdieu e B

Anna Christina Bentes, Marco Antônio R. Machado, Renato C. Rezende
  • Cód: 9788524913709

por R$ 63,00 2x de R$ 31,50 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Renato C. Rezende, Marco Antônio R. Machado, Anna Christina Bentes
  • ISBN: 9788524913709
  • Número de páginas: 280
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 420 gramas

SINOPSE O autor constrói um diálogo interessante e produtivo com as discussões teóricas que, vêm sendo empreendidas - inclusive em nosso país - sobre a questão da radical constituição do fenômeno linguístico na/pela prática so-cial.

Anna Christina Bentes

Anna Chtistina Bentes é doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Fez pós-doutorado no Departamento de Antropologia da Universidade da Califórnia, Berkeley (2006). Atualmente é professora MS-3 do Departamento de Linguística da Universidade Estadual de Campinas. Seu Grupo de Pesquisa no CNPq intitula-se "Linguagem como prática social: analisando a produção, a recepção e a avaliação de gêneros do discurso e estilos de fala". Atua nas áreas de Sociolinguística, Linguística do Texto e do Discurso e Linguística Aplicada. Seus principais temas de pesquisa são o fenômeno de narratividade, as práticas de linguagem nos contextos sociais, os gêneros do discurso e os estilos de fala. E-mail: annabentes@yahoo.com.br
O autor constrói um diálogo interessante e produtivo com as discussões teóricas que, vêm sendo empreendidas - inclusive em nosso país - sobre a questão da radical constituição do fenômeno linguístico na/pela prática so-cial.