Mistificação pedagógica, A - realidades sociais e processos ideológicos na teoria da educação
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Mistificação pedagógica, A - realidades sociais e processos ideológicos na teoria da educação

Bernard Jean Jacques Charlot (Bernard Charlot)
  • Cód: 9788524920790

por R$ 74,00 2x de R$ 37,00 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Coleção Docência em Formação
  • Autor: Bernard Jean Jacques Charlot (Bernard Charlot)
  • ISBN: 9788524920790
  • Número de páginas: 416
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 580 gramas

SINOPSE Publicado em 1976 e traduzido no Brasil em 1979, este livro tornou-se um clássico da literatura sobre Educação. Esgotado há algum tempo, este livro está sendo republicado pela Cortez Editora, com nova tradução e prefácio atual do próprio autor. Não há natureza humana e, portanto, as pedagogias concebidas em referência a tal natureza ("tradicional" ou "nova") mascaram as realidades sociais, em particular as desigualdades, atrás de grandes discursos filosóficos. Mas há uma condição humana e, no encontro dessa condição com a realidade social, o livro redefine temas como cultura, infância e educação, esboçando uma pedagogia social para outra sociedade, mais justa e mais humana.

Bernard Jean Jacques Charlot (Bernard Charlot)

Bernard Charlot, possui doutorado em Educação ("doctorat dÉtat", equivalente a Livre-docência) - Université de Paris X, Nanterre (1985). Atualmente é Professor Visitante Nacional Senior (bolsa CAPES) na Universidade Federal de Sergipe (campus de Laranjeiras, Núcleos de Dança e Teatro) e, na UFS, membro dos cursos de Pós-Graduação em Educação (NPGED) e em Ensino de Ciências e Matemática (NPGECIMA). É também Professor Titular Emérito da Universidade Paris 8 e Professor Catedrático Convidado da Universidade do Porto, Portugal. Na UFS, lider do Grupo de pesquisa CNPq Arte, Diversidade e Contemporaneidade (ARDICO) e membro do Grupo de pesquisa CNPq Educação e Contemporaneidade (EDUCON). Principal tema de pesquisa nos últimos anos: a relação dos alunos com o saber e a escola. Publicou também sobre Globalização e Educação. Vinte um livros e numerosos artigos, publicados ou traduzidos en 17 paises. Já orientou muitos mestrados, doutorados e supervisou vários pós-doutorados (na França e no Brasil).
Publicado em 1976 e traduzido no Brasil em 1979, este livro tornou-se um clássico da literatura sobre Educação. Esgotado há algum tempo, este livro está sendo republicado pela Cortez Editora, com nova tradução e prefácio atual do próprio autor. Não há natureza humana e, portanto, as pedagogias concebidas em referência a tal natureza ("tradicional" ou "nova") mascaram as realidades sociais, em particular as desigualdades, atrás de grandes discursos filosóficos. Mas há uma condição humana e, no encontro dessa condição com a realidade social, o livro redefine temas como cultura, infância e educação, esboçando uma pedagogia social para outra sociedade, mais justa e mais humana.