Mujeres con discapacidad - Mitos y realidades en las relaciones de pareja y en la maternidad
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Mujeres con discapacidad - Mitos y realidades en las relaciones de pareja y en la maternidad

María López González
  • Cód: 9788524924880

Confira algumas páginas

por R$ 59,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Coleção AICE
  • Autor: María López González
  • ISBN: 9788524924880
  • Número de páginas: 150
  • Formato: 15.00 x 20.00
  • Peso: 180 gramas

SINOPSE Este livro aborda a construção social da identidade de mulheres com deficiências e empreende uma análise rigorosa que demonstra que essas mulheres, enquanto sujeitos sociais, buscam direitos, não compaixão. Analisa como a falta de senso crítico faz com que se ofereça às mulheres com deficiência uma imagem de permanente debilidade, o que termina por conjugar-se com experiências de subalternização de suas vidas. Trata-se de um cenário de lutas, no qual é apresentada a trajetória de mulheres com deficiências que explicitam suas visões de mundo, seus valores, suas crenças. O livro aborda as discriminações presentes no contexto da mulher com deficiência e ressalta que o conhecimento do entorno, da realidade vivida, contribuirá para questionar as opiniões estabelecidas, apresentando perspectivas e caminhos para a transformação social.

María López González

Es profesora titular en la Universidad de Córdoba, con especialización en Educación Especial y los aspectos psicosociales y de género de la discapacidad.
Este livro aborda a construção social da identidade de mulheres com deficiências e empreende uma análise rigorosa que demonstra que essas mulheres, enquanto sujeitos sociais, buscam direitos, não compaixão. Analisa como a falta de senso crítico faz com que se ofereça às mulheres com deficiência uma imagem de permanente debilidade, o que termina por conjugar-se com experiências de subalternização de suas vidas. Trata-se de um cenário de lutas, no qual é apresentada a trajetória de mulheres com deficiências que explicitam suas visões de mundo, seus valores, suas crenças. O livro aborda as discriminações presentes no contexto da mulher com deficiência e ressalta que o conhecimento do entorno, da realidade vivida, contribuirá para questionar as opiniões estabelecidas, apresentando perspectivas e caminhos para a transformação social.