Nanquim
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Nanquim

Janaina Tokitaka
  • Cód: 9788524923272

Confira algumas páginas

Mês das Crianças
de R$ 32,00por R$ 19,20 Economize R$ 12,80

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Janaina Tokitaka
  • Ilustrador: Janaina Tokitaka
  • ISBN: 9788524923272
  • Número de páginas: 24
  • Formato: 26.00 x 20.05
  • Peso: 140 gramas

SINOPSE Nanquim é um conto visual sobre o encontro inesperado entre um monge pintor e uma garça. Usando referências da arte gráfica japonesa, é uma narrativa bem-humorada sobre laços de amizade e o fascínio exercido pelas ilustrações.

Janaina Tokitaka

Janaina Tokitaka nasceu em São Paulo, em 1986. Bacharel em Artes Plásticas pela USP e mestranda em História da Arte pela Unicamp, sua paixão por literatura e desenho a levou a trabalhar com ilustrações. Seus trabalhos são feitos, principalmente, com aquarela, nanquim e tinta acrílica. Em seus livros as histórias são contadas com imagens e palavras ligadas entre si, sugerindo múltiplas leituras. Além de escrever e ilustrar para crianças e adolescentes, ministra regularmente cursos e oficinas sobre ilustração em instituições como Escola do Masp e Museu da Imagem e do Som (MIS). A ilustradora retoma, com frequência, a iconografia e folclore japoneses na sua obra, transpostos para a imagem narrativa contemporânea. São de sua autoria Tem um monstro no meu jardim, Eu e A árvore: entrecaminhos, entre 14 outros títulos.
Nanquim é um conto visual sobre o encontro inesperado entre um monge pintor e uma garça. Usando referências da arte gráfica japonesa, é uma narrativa bem-humorada sobre laços de amizade e o fascínio exercido pelas ilustrações.

Quem viu, viu também