Nova morfologia do trabalho no Serviço Social, A
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Nova morfologia do trabalho no Serviço Social, A

Damares Vicente, Raquel Raichelis, Valeria Albuquerque
  • Cód: 9788524926211

Confira algumas páginas

por R$ 62,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Damares Vicente, Valeria Albuquerque, Raquel Raichelis
  • ISBN: 9788524926211
  • Número de páginas: 344
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 510 gramas

SINOPSE Em uma contextualidade marcada pelo agravamento da crise estrutural do capital, a partir de 2008/9, foi necessário ampliar, agudizar e mesmo intensificar o sistema de dominação do capital em sua forma neoliberal e financista. A devastação se expande, então, para todas as suas esferas da vida societal.
E é justamente este o leitmotiv deste livro/coletânea, com o título A nova morfologia do trabalho no Serviço Social. Os avanços e as respostas a tais indagações por certo afloram através dos estudos que investigam a classe trabalhadora em sua nova morfologia, procurando apresentar suas particularidades e singularidades. E aqui encontramos uma contribuição efetiva para os estudos do trabalho das/dos assistentes sociais.
Esta coletânea sobre a nova morfologia do trabalho no Serviço Social evidencia o trabalho sério, criterioso e crítico de suas organizadoras e coautores/as. Que seja, então, lido e estudado no Serviço Social e também em outras áreas, por todos e todas que se recusam a aceitar esta devastação como sendo natural e inevitável.

Damares Vicente

Assistente Social (1978). Especialista em Saúde Pública (1993). Mestra (2001), Doutora (2005) e Pós-doutora (2012-2014) no Programa de Estudos Pós-graduados da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP). Assistente Social aposentada pela Secretaria Municipal da Saúde-SP. Docência em cursos de graduação em Serviço Social e docência e coordenação de cursos de pós-graduação lato sensu em Serviço Social. Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa Trabalho e Profissão da PUC-SP, coordenado por Raquel Raichelis. Parecerista da Revista Serviço Social e Sociedade. Atualmente realiza pesquisas sobre as novas/velhas configurações do mundo do trabalho que incidem no Serviço Social, com ênfase em estudos sobre a Saúde Mental Relacionada ao Trabalho. Possui artigos publicados sobre o tema em Anais de Congressos e na Revista Serviço Social e Sociedade sob o título Desgaste mental de assistentes sociais: um estudo na área da habitação. Revista Serviço Social & Sociedade n° 123, Especial: Trabalho, Saúde, Meio ambiente. São Paulo: Cortez Editora, julho/setembro, 2015.

Raquel Raichelis

Raquel Raichelis é assistente social, doutora em Serviço Social pela PUC-SP, pesquisadora 1D do CNPq, professora e coordenadora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social da PUC-SP, coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Profissão e pesquisadora da Coordenadoria de Estudos e Desenvolvimento de Projetos Especiais da PUC-SP (ex-IEE) nas áreas de gestão pública, políticas sociais e assistência social. Autora dos livros: "Legitimidade popular e poder político", Cortez (1988); "Esfera pública e Conselhos de Assistência Social: caminhos da construção democrática", 6ª edição (Cortez, 2011); coorganizadora do livro "Gestão Social: uma questão em debate", Educ/IEE-PUC-SP (1999); e coautora: "Suas: configurando os eixos de mudança, vol. 1", coord. MDS, IEE/PUC-SP (2008); "Planos de Assistência Social: diretrizes para sua elaboração, vol. 2", coord. MDS, IEE/PUC-SP (2008); "Desafios da gestão do Suas nos municípios e estados, vol. 3", MDS, IEE/PUC-SP (2008); coautora e coorganizadora do livro: "A cidade de São Paulo: relações internacionais e gestão pública", Educ (2009). Autora de capítulos de livros e de artigos em revistas especializadas nas áreas de Serviço Social e Ciências Sociais.

Valeria Albuquerque

Mestre em Serviço Social pela UNESP/Franca; Doutora em Serviço Social pela PUC-SP; pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Trabalho e Profissão do Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social da PUC-SP; Bolsista CAPES de Pós-Doutorado.
Em uma contextualidade marcada pelo agravamento da crise estrutural do capital, a partir de 2008/9, foi necessário ampliar, agudizar e mesmo intensificar o sistema de dominação do capital em sua forma neoliberal e financista. A devastação se expande, então, para todas as suas esferas da vida societal.
E é justamente este o leitmotiv deste livro/coletânea, com o título A nova morfologia do trabalho no Serviço Social. Os avanços e as respostas a tais indagações por certo afloram através dos estudos que investigam a classe trabalhadora em sua nova morfologia, procurando apresentar suas particularidades e singularidades. E aqui encontramos uma contribuição efetiva para os estudos do trabalho das/dos assistentes sociais.
Esta coletânea sobre a nova morfologia do trabalho no Serviço Social evidencia o trabalho sério, criterioso e crítico de suas organizadoras e coautores/as. Que seja, então, lido e estudado no Serviço Social e também em outras áreas, por todos e todas que se recusam a aceitar esta devastação como sendo natural e inevitável.