O livro que lê gente
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

O livro que lê gente

Alexandre de Castro Gomes
  • Cód: 9788524924965

Confira algumas páginas

Mês das Crianças
de R$ 32,00por R$ 19,20 Economize R$ 12,80

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Alexandre de Castro Gomes
  • Ilustrador: Cris Alhadeff
  • ISBN: 9788524924965
  • Número de páginas: 24
  • Formato: 21.00 x 28.00
  • Peso: 150 gramas

SINOPSE Em vez de ser lido, um livro velho e roto aprende a ler pessoas, numa estranha inversão de papéis. Depois de ser colocado longe do alcance dos leitores, no alto de uma estante, ele faz amizade com outro livro antigo que o ensina a enxergar a diversidade e a riqueza da vida humana ao observar os frequentadores de uma biblioteca. Juntos, procuram pistas e descobrem histórias e personagens da vida real incríveis.

Alexandre de Castro Gomes

Alexandre de Castro Gomes é escritor infantojuvenil e já lançou 22 livros desde sua estreia. Outros 5 livros estão no prelo.
Estudou em escolas americanas no Rio de Janeiro, formou-se em Direito pela UCAM e lançou seu primeiro livro infantil em 2008.
Alguns dos seus títulos foram selecionados para os programas PNAIC, PNBE, Minha Biblioteca de São Paulo, Minha Primeira Biblioteca do Rio de Janeiro, Mais Cultura de Fortaleza, Ler e Escrever da FDE-SP e outros.
É presidente da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ) para a gestão 2015-2017 e faz parte da diretoria dessa associação desde maio de 2011.
Recebeu alguns prêmios literários, como o Prêmio Cidade de Manaus de Teatro Infantil e o Prêmio Nacional de Literatura Infantil de Ponta Grossa.
Foi o organizador dos livros “Filhos de Peixe” (Editora Mar de Ideias), com contos de filhos e netos de autores de literatura infantil e juvenil, “Trem de Histórias” (Editora Caki Books), com textos e imagens de autores associados da AEILIJ, e dos três primeiros anuários da associação.
Foi o idealizador e organizador da Blitz Literária, atividade que levou 30 autores de LIJ para escolas públicas municipais e bibliotecas escolares municipais do Rio de Janeiro entre os dias 18 e 20 de abril de 2016.
Criou e manteve a coluna Espaço LIJ, publicada na revista digital Sobrecapa Literal, onde entrevistou escritores e apresentou o trabalho de ilustradores de literatura infantil.
Viaja o Brasil com as oficinas literárias Quero Ser Autor – Expectativas Literárias, Quero Ser Autor – Leituras Criativas e Quero Ser Autor – Livro Publicado, dá palestras e mantém um blog no endereço www.blogao.com.br.
Obra:
O livro que lê gente (Cortez - 2016)
? Como pode um pinguim no Polo Norte? (Bambolê 2016 / Caki Books – 2011)
? Aniversário no cemitério (Zit - 2016 / Escrita Fina - 2013)
? Encontros folclóricos de Benito Folgaça (Editora do Brasil - 2015)
? Motim das letras (Globinho - 2014) – também em e-book
? Essas maravilhosas geringonças (Franco - 2014)
? A bola ou a menina? (Melhoramentos - 2014) – também em e-book
? Robóticos (Rovelle - 2014)
? O corvo e o dragão (Globinho - 2014) – também em e-book
? Folclore de chuteiras (Peirópolis - 2014)
? Chapa Verde (Garamond - 2013) – também em e-book
? O porteiro do Condomínio dos Monstros (Baobá - 2013) – selecionado para o Catálogo Literário "Autorias da Diversidade" do Governo do Estado de Minas Gerais.
? Em cena: O julgamento do Chocolate (Baobá – 2013)
? Viagem espacial interativa (RHJ - 2013 / RHJ - 2009) – selecionado pelas prefeituras de Contagem e Fortaleza.
? Histórias a quatro patas (FTD - 2012)
? O lanterna (livro em Braille, parceria com a Fundação Dorina Nowill – 2012)
? O menino que coleciona guarda-chuvas (Globo Livros - 2012) - selecionado para o programa "Minha Primeira Biblioteca" (2014) da Prefeitura do Rio de Janeiro.
? Viagem mundial interativa (RHJ - 2012)
? O tesouro do Lagarto de Fogo (Prefeitura de Ponta Grossa – 2011)
? Festa do Calendário (RHJ - 2011) - selecionado pela Prefeitura de Fortaleza.
? Condomínio dos Monstros (RHJ - 2010) - escolhido para o Programa Minha Biblioteca 2010, da Prefeitura de São Paulo, para o PNBE 2012, para o PNAIC 2013, para o Programa Mais Cultura, da Sec. de Cult. de Fortaleza, editado em MECdaisy, entre outros. Já são mais de 200 mil cópias vendidas.
? O julgamento do Chocolate (RHJ - 2008) – selecionado para o programa Ler e Escrever da FDE-SP e pelas secretarias de educação de Contagem e Rondônia.
Em vez de ser lido, um livro velho e roto aprende a ler pessoas, numa estranha inversão de papéis. Depois de ser colocado longe do alcance dos leitores, no alto de uma estante, ele faz amizade com outro livro antigo que o ensina a enxergar a diversidade e a riqueza da vida humana ao observar os frequentadores de uma biblioteca. Juntos, procuram pistas e descobrem histórias e personagens da vida real incríveis.