Pensando a política com Derrida - Responsabilidade, tradução, porvir
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Pensando a política com Derrida - Responsabilidade, tradução, porvir

Alice Casimiro Lopes
  • Cód: 9788524926990

Confira algumas páginas

por R$ 64,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Organizador: Alice Casimiro Lopes
  • ISBN: 9788524926990
  • Número de páginas: 326
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 500 gramas

SINOPSE Em boa hora pesquisadores de diferentes áreas das ciências humanas e sociais reúnem-se aqui para pensar a política com Jacques Derrida, a partir de Jacques Derrida. Neste momento de crise e inquietação, pelo qual passam tanto o Estado quando a Universidade em nosso país, mais do que nunca a desconstrução derridiana se mostra capaz de fertilizar novas perspectivas na Educação, na Literatura, na Sociologia, na Filosofia e demais áreas, ao colocarem em questão o próprio lugar institucional de suas falas. Ao contrário do que afirmam alguns, a desconstrução talvez seja uma das maneiras ais radicais de pensar o político, num contexto global de conflito entre a demanda crescente e a negação peremptória da democracia, se entendida esta como disseminação do direito à palavra. Subversão tenaz daquilo que na linguagem se esclerosa em maniqueísmo e exclusão, a desconstrução derridiana tem aqui revelado seu potencial prático-político, também através da releitura de teóricos fundamentais que nela se inspiram, como Ernesto Laclau e Chantal Mouffe.
Italo Moriconi.

Alice Casimiro Lopes

Alice Casimiro Lopes é coordenadora do grupo de pesquisa Políticas de Currículo e Cultura. Professora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ProPEd/UERJ www.proped.pro.br) e bolsista do CNPq e da Faperj. É autora de vários artigos, livros e capítulos de livros sobre currículo. Pela Cortez Editora organizou em parceria os livros Currículo: debates contemporâneos e Políticas de currículo em múltiplos contextos.
Em boa hora pesquisadores de diferentes áreas das ciências humanas e sociais reúnem-se aqui para pensar a política com Jacques Derrida, a partir de Jacques Derrida. Neste momento de crise e inquietação, pelo qual passam tanto o Estado quando a Universidade em nosso país, mais do que nunca a desconstrução derridiana se mostra capaz de fertilizar novas perspectivas na Educação, na Literatura, na Sociologia, na Filosofia e demais áreas, ao colocarem em questão o próprio lugar institucional de suas falas. Ao contrário do que afirmam alguns, a desconstrução talvez seja uma das maneiras ais radicais de pensar o político, num contexto global de conflito entre a demanda crescente e a negação peremptória da democracia, se entendida esta como disseminação do direito à palavra. Subversão tenaz daquilo que na linguagem se esclerosa em maniqueísmo e exclusão, a desconstrução derridiana tem aqui revelado seu potencial prático-político, também através da releitura de teóricos fundamentais que nela se inspiram, como Ernesto Laclau e Chantal Mouffe.
Italo Moriconi.