Política Social Brasileira no Século XXI, A- a prevalência dos programas de transferência de renda
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Política Social Brasileira no Século XXI, A- a prevalência dos programas de transferência de renda

Geraldo Di Giovanni, Maria Carmelita Yazbek, Maria Ozanira da Silva e Silva
  • Cód: 9788524922947

por R$ 52,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Geraldo Di Giovanni, Maria Ozanira da Silva e Silva, Maria Carmelita Yazbek
  • ISBN: 9788524922947
  • Número de páginas: 248
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 370 gramas

SINOPSE Neste livro, os autores analisam as contradições que permeiam o sistema de proteção social brasileiro, apesar dos avanços conseguidos na Constituição Federal de 1988, no que se refere à seguridade social. Têm como objeto de estudo os programas de transferência de renda no contexto histórico, social e político na conjuntura nacional.

Geraldo Di Giovanni

Geraldo Di Giovanni é Doutor em Ciências Sociais pela USP. Atualmente é pesquisador do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Universidade Estadual de São Paulo; coordenador do núcleo de estudos de políticas públicas da UNICAMP e editor da Revista "Economia e Sociedade", do Instituto de Economia da UNICAMP. Escreveu, entre outros. os livros: "Brasil - radiografia da saúde", "Trabalho infantil em Campinas" e "A questão dos remédios no Brasil", todos publicados pela Editora da UNICAMP.

Maria Carmelita Yazbek

Maria Carmelita Yazbek é doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Desenvolveu estágio pós-doutoral no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo na área do pensamento político contemporâneo. É pesquisadora Nível I do CNPq. Foi representante na Área de Serviço Social na Capes em duas gestões (1998 a 2000 e 2005 a 2007). Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (mestrado e doutorado) no período de 1993 a 2005. Publicou diversos livros pela Cortez Editora.

Maria Ozanira da Silva e Silva

Maria Ozanira da Silva e Silva é doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Desenvolveu estágio pós-doutoral no Núcleo de Estudos de Políticas Públicas da Universidade Estadual de Campinas. Pesquisadora Nível IA do CNPq. É professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e coordenadora do Grupo de Avaliação e Estudo da Pobreza e de Políticas Direcionadas à Pobreza (Gaepp (www.gaepp.ufma.br), onde vem desenvolvendo pesquisas sobre Políticas Sociais, com destaque à Política de Assistência Social e os Programas de Transferência de Renda. Vem desenvolvendo também estudos no campo da avaliação de políticas e programas sociais. Foi Membro integrante do Comitê Assessor de Psicologia e Serviço Social junto ao CNPq (nas gestões 2003-2005 e 2008-2011); foi representante adjunta da Área de Serviço Social na Capes (gestões 2002-2004; 2005-2007). É autora, coordenadora ou coautora de diversos livros publicados pela Cortez Editora. É também autora de vários capítulos de livros, artigos publicados em periódicos e de trabalhos completos publicados em anais de eventos científicos nacionais e internacionais.
Neste livro, os autores analisam as contradições que permeiam o sistema de proteção social brasileiro, apesar dos avanços conseguidos na Constituição Federal de 1988, no que se refere à seguridade social. Têm como objeto de estudo os programas de transferência de renda no contexto histórico, social e político na conjuntura nacional.