Redesenhando o desenho - educadores, política e história
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Redesenhando o desenho - educadores, política e história

Ana Mae Barbosa
  • Cód: 9788524923043

Confira algumas páginas

Dia do Professor - 20%
de R$ 78,00por R$ 62,40 Economize R$ 15,60

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Ana Mae Barbosa
  • ISBN: 9788524923043
  • Número de páginas: 456
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 650 gramas

SINOPSE Redesenhando o desenho trata de um período muito rico do ensino do Desenho entre 1927 e 1937 e da destruição que se seguiu com a perseguição a educadores promovida pela ditadura do Estado Novo. A obra procura rever, relembrar, recuperar, ressignificar ou redesenhar o esforço interrompido por uma ditadura em prol do ensino do Desenho como iniciação ao Design e à Arte. Um texto inédito de John Dewey, encontrado nas pesquisas nos Estados Unidos, explica muito bem o sentido de desenho como técnica e criação que a Escola Nova defendeu.

Ana Mae Barbosa

Ana Mae Tavares Bastos Barbosa, Professora Titular do Departamento de Artes Plásticas da Universidade de São Paulo, atuando no Mestrado e Doutorado em Arte-Educação que criou na USP e no Núcleo de Cultura e Extensão em Promoção da Arte na Educação da Escola de Comunicação e Artes da USP. Foi presidente da International Society of Education Through Art (1990-93) e Diretora do Museu de Arte Contemporânea da USP (1987-93). Publicou doze livros sobre Arte e Arte-Educação, sendo os últimos Tópicos Utópicos (Com-arte, 1998) e Arte-Educação: leitura no subsolo (Cortez, 1999).
Recebeu o prêmio Edwin Ziegfeld nos Estados Unidos (1992) e o Prêmio Internacional Herbert Read (1999). Em 2001 foi escolhida para dar a Studies in Art Education's Lecture, distinção conferida pela primeira vez a um estrangeiro nos 50 anos de existência da Associação.
Redesenhando o desenho trata de um período muito rico do ensino do Desenho entre 1927 e 1937 e da destruição que se seguiu com a perseguição a educadores promovida pela ditadura do Estado Novo. A obra procura rever, relembrar, recuperar, ressignificar ou redesenhar o esforço interrompido por uma ditadura em prol do ensino do Desenho como iniciação ao Design e à Arte. Um texto inédito de John Dewey, encontrado nas pesquisas nos Estados Unidos, explica muito bem o sentido de desenho como técnica e criação que a Escola Nova defendeu.