República Brasileira 1951-2010, A - de Getúlio a Lula
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

República Brasileira 1951-2010, A - de Getúlio a Lula

Evaldo Vieira
  • Cód: 9788524923616

Confira algumas páginas

por R$ 89,00 2x de R$ 44,50 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Evaldo Vieira
  • ISBN: 9788524923616
  • Número de páginas: 848
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 1200 gramas

SINOPSE O livro focaliza a longa resistência da população brasileira na construção de uma república, indo dos governos de Getúlio Vargas (1951) a Luiz Inácio Lula da Silva (2010).Para mostrar as particularidades da sociedade e do Estado no Brasil, no período de 1951 a 2010, o livro trata de lutas políticas, de partidos políticos, eleições, tentativas de golpe de Estado, consumação de golpe, dos chefes militares, dos discursos presidenciais e ministeriais, dos planejamentos e suas consequências. Procurando destacar a resistência dos brasileiros em sua construção republicana, existem inúmeras observações sobre as condições de vida, em particular na educação, saúde pública, alimentação, previdência e assistência social, habitação popular, e ainda sobre as condições de vida das crianças e dos adolescentes. Nas páginas do livro de Evaldo Vieira, refletem-se mais de sete anos de pesquisa, de redações e de revisões, com a finalidade de vislumbrar a resistência da população nos caminhos para concretizar seus direitos individuais e sociais, sem o que não haverá tranquilidade. Eis aí seu balanço crítico.

Evaldo Vieira

Evaldo Vieira estudou direito, ciências sociais e letras, é doutor em ciência política pela USP e professor titular da FEUSP. Foi professor-titular na UNICAMP e na PUC-SP; é tradutor, colaborador em jornais, em revistas e em obras coletivas, e autor dos livros: Oliveira Vianna & o Estado corporativo (São Paulo: Grijalbo); Autoritarismo e corporativismo no Brasil (São Paulo: Cortez); Estado e miséria social no Brasil: de Getúlio a Geisel (São Paulo: Cortez); O que é desobediência civil (São Paulo: Brasiliense); A República brasileira: 1964-1984 (São Paulo: Moderna); Democracia e política social (São Paulo: Cortez/Autores Associados); Sociologia da educação (São Paulo: FTD); Poder político e resistência cultura (Campinas: Autores Associados); Os direitos e a política social (São Paulo: Cortez); A ditadura militar - 1964-1985, momentos da república brasileira (São Paulo: Cortez). Também foi organizador da Coleção Maurício Tragtenberg (São Paulo: Edunesp), em 10 volumes.
O livro focaliza a longa resistência da população brasileira na construção de uma república, indo dos governos de Getúlio Vargas (1951) a Luiz Inácio Lula da Silva (2010).Para mostrar as particularidades da sociedade e do Estado no Brasil, no período de 1951 a 2010, o livro trata de lutas políticas, de partidos políticos, eleições, tentativas de golpe de Estado, consumação de golpe, dos chefes militares, dos discursos presidenciais e ministeriais, dos planejamentos e suas consequências. Procurando destacar a resistência dos brasileiros em sua construção republicana, existem inúmeras observações sobre as condições de vida, em particular na educação, saúde pública, alimentação, previdência e assistência social, habitação popular, e ainda sobre as condições de vida das crianças e dos adolescentes. Nas páginas do livro de Evaldo Vieira, refletem-se mais de sete anos de pesquisa, de redações e de revisões, com a finalidade de vislumbrar a resistência da população nos caminhos para concretizar seus direitos individuais e sociais, sem o que não haverá tranquilidade. Eis aí seu balanço crítico.