Revista Serviço Social & Sociedade  86
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Revista Serviço Social & Sociedade 86

Vários autores
  • Cód: 9000000117396

por R$ 36,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Coleção: Revista Serviço Social e Sociedade
  • Autor: Vários autores
  • ISBN: 9000000117396
  • Número de páginas: 192
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 290 gramas

SINOPSE O debate em torno das políticas públicas, direitos sociais e espaço público predomina no conjunto de artigos que compõem este número da Revista Serviço Social & Sociedade. As diferentes e complementares abordagens desses temas estimulam a reflexão e a proposição de ações político-profissionais, na direção da luta pela efetivação de direitos. Contextos tão diferentes como o do Brasil e o da Inglaterra possibilitam a exploração de aspectos da relação do trabalho do assistente social frente à implementação de políticas sociais. A proposta neoliberal de cidadania ativa e global é questionada em outro artigo, com destaque para a redução do cidadão a usuário integrado ao mercado e não a uma sociedade participativa que o reconhece como um ser titular de direitos.

O debate em torno das políticas públicas, direitos sociais e espaço público predomina no conjunto de artigos que compõem este número da Revista Serviço Social & Sociedade. As diferentes e complementares abordagens desses temas estimulam a reflexão e a proposição de ações político-profissionais, na direção da luta pela efetivação de direitos. Contextos tão diferentes como o do Brasil e o da Inglaterra possibilitam a exploração de aspectos da relação do trabalho do assistente social frente à implementação de políticas sociais. A proposta neoliberal de cidadania ativa e global é questionada em outro artigo, com destaque para a redução do cidadão a usuário integrado ao mercado e não a uma sociedade participativa que o reconhece como um ser titular de direitos.