Televisão e escola - conflito ou cooperação?
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Televisão e escola - conflito ou cooperação?

Heloísa Dupas Penteado
  • Cód: 9788524902925

por R$ 45,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Heloísa Dupas Penteado
  • ISBN: 9788524902925
  • Número de páginas: 184
  • Formato: 14.00 x 21.00
  • Peso: 230 gramas

SINOPSE Dirigindo-se a professores de todas as séries e níveis, a autora mostra que é possível utilizar a televisão e a imagem como pontos de partida para uma prática pedagógica inovadora e fértil.

Heloísa Dupas Penteado

Heloísa Dupas Penteado Professora normalista, Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais. Mestre em Sociologia da Educação, Doutora em Didática pela USP e Pós-doutora em Formação de Professores pela PUC/RJ. Lecionou em todas as séries do Ensino Fundamental, Médio, no antigo curso Normal, e no Curso de Licenciatura da Faculdade de Educação da USP, responsável pela disciplina Prática de Ensino de Ciências Sociais. Atualmente orienta mestrandos e doutorandos, professores de disciplinas do campo das Ciências Humanas, no programa de Pós-graduação, nas linhas de pesquisa Pedagogia da Comunicação e Ensino de disciplina do campo das Ciências Humanas (História, Geografia, Sociologia). Foi pesquisadora da equipe de pesquisa do Serviço do Ensino Vocacional, professora e coordenadora da área de Estudos Sociais da Escola de Aplicação da FE/USP. Publicou artigos e livros, sendo os mais recentes Comunicação escolar: uma metodologia de ensino (Salesiana, 2002), e Psicodrama, televisão e formação de professores (Junqueira&Marion, 2007).
Dirigindo-se a professores de todas as séries e níveis, a autora mostra que é possível utilizar a televisão e a imagem como pontos de partida para uma prática pedagógica inovadora e fértil.