Trabalho e população em situação de rua no Brasil
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Trabalho e população em situação de rua no Brasil

Maria Lucia Lopes da Silva
  • Cód: 9788524914997
1% [1]

por R$ 64,00 2x de R$ 32,00 sem juros  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: Maria Lucia Lopes da Silva
  • ISBN: 9788524914997
  • Número de páginas: 296
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 440 gramas

SINOPSE A degradação do trabalho é compreendida pela autora como uma determinação fundante na expansão da população em situação de rua, rompendo, assim, com análises que subjetivam sua causalidade.

Maria Lucia Lopes da Silva

Maria Lucia Lopes da Silva é Assistente Social (UFMA), Mestre e Doutora em Política Social (UnB), Professora da Universidade de Brasília – UnB, Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Seguridade Social e Trabalho - GESST/UnB/CNPq e autora dos livros Previdência Social, um direito conquistado ( 2ª ed, em 1997), e Trabalho e População em Situação de Rua no Brasil (Cortez, 2009) e artigos na área de Previdência, Assistência Social, Trabalho e População em Situação de Rua. Servidora pública federal, concursada, com atuação na formulação e gestão de políticas públicas na área de seguridade social (saúde, previdência e assistência social), nas três esferas de governo, no Brasil (município, Distrito Federal e União). Coordenou o Serviço Social do INSS (1996-1999). Foi Gerente de Qualidade e Reconhecimento de Direitos do INSS (1999-2000), Gerente de Serviços aos Clientes e superintendente da Fundação de Seguridade Social (GEAP), no Distrito Federal e membro de sua Diretoria Nacional (2001-2003). Presidiu o Instituto de Assistência Social e Cidadania ( IASC), na cidade do Recife – PE ( 2003 -2004). Foi a primeira assessora do governo Lula em assuntos relacionado à População em Situação de Rua, permanecendo nessa função, no MDS nos anos de 2005 e 2006. Continua assessorando fóruns, entidades e movimentos de pessoas em situação de rua, na condição de pesquisadora do tema.
A degradação do trabalho é compreendida pela autora como uma determinação fundante na expansão da população em situação de rua, rompendo, assim, com análises que subjetivam sua causalidade.

Avaliações dos clientes

Antonio Carlos Gonçalves - cacau.fundap@gmail.com 08/11/2015

Após a leitura de um capitulo, consegui concluir meu artigo
80%