Trabalho informal em Luanda - Luta e persistência dos jovens migrantes
Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar

Trabalho informal em Luanda - Luta e persistência dos jovens migrantes

SIMAO JOAO SAMBA
  • Cód: 9788524926235

Confira algumas páginas

por R$ 59,00  

Disponível em Estoque. Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).

Outras localidades: Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 4 dias úteis. Outras Capitais: de 2 a 4 dias úteis. Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis. Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.

  • Cortez Editora
  • Autor: SIMAO JOAO SAMBA
  • ISBN: 9788524926235
  • Número de páginas: 224
  • Formato: 16.00 x 23.00
  • Peso: 340 gramas

SINOPSE O livro de Simão Samba é uma excelente obra que denuncia as condições de vida das e dos jovens trabalhadoras/traba¬lhadores ambulantes de Angola, na verdade, de todas e todos jovens que, em quaisquer partes do mundo atual, vivem sob o signo da precariedade. Mas é um livro otimista, fruto de uma auspiciosa pesquisa que flagrou as estratégias de luta e sobrevivência, de lutadoras e lutadores que nos ensinam a não desistir, tanto quanto indicam possíveis saídas aos que formulam políticas públicas para a juventude. Aqui conhece¬mos também um pouco da história de Angola, de Luanda em particular, bem como temos acesso a uma cuidadosa revisão bibliográfica sobre jovens e trabalho informal.
Obra de referência obrigatória para Assistentes Sociais, estu¬dantes, formuladores de políticas públicas e sociais, enfim, de quem luta na garantia dos direitos dos segmentos mais desfa¬vorecidos da sociedade, em particular da sociedade angolana.

SIMAO JOAO SAMBA

Simão João Samba, nasceu no município N'zeto, Província do Zaire em Angola. é Educador Social pelo Instituto de Ciências Religiosa de Angola (ICRA). Formou-se em Serviço Social pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal). É mestre e doutor em Serviço Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Atualmente é professor efetivo do Instituto Superior de Serviço Social (ISSS) em Luanda/Angola e professor colaborador no curso de Pedagogia do Instituto Superior Dom Bosco (ISDB) e do Curso de Serviço Social do Instituto Superior João Paulo II (ISUP JP II), ambos unidades orgânicas da Universidade Católica de Angola (UCAN). Membro fundador e presidente da Associação dos Assistentes Sociais de Angola (AAS-Angola). Foi coordenador do Centro de Pesquisas, Sondagens e Estudos de Opiniões (CENSOP) da Universidade Católica de Angola no período de junho de 2017 a abril de 2017. É autor do livro Adolescência em situação de risco e Educação social em Luanda, publicado pela Paco Editorial em 2014. Foi chefe do Departamento de Investigação Científica e Pós-Graduação do Instituto Superior de Serviço Social.
O livro de Simão Samba é uma excelente obra que denuncia as condições de vida das e dos jovens trabalhadoras/traba¬lhadores ambulantes de Angola, na verdade, de todas e todos jovens que, em quaisquer partes do mundo atual, vivem sob o signo da precariedade. Mas é um livro otimista, fruto de uma auspiciosa pesquisa que flagrou as estratégias de luta e sobrevivência, de lutadoras e lutadores que nos ensinam a não desistir, tanto quanto indicam possíveis saídas aos que formulam políticas públicas para a juventude. Aqui conhece¬mos também um pouco da história de Angola, de Luanda em particular, bem como temos acesso a uma cuidadosa revisão bibliográfica sobre jovens e trabalho informal.
Obra de referência obrigatória para Assistentes Sociais, estu¬dantes, formuladores de políticas públicas e sociais, enfim, de quem luta na garantia dos direitos dos segmentos mais desfa¬vorecidos da sociedade, em particular da sociedade angolana.