Olá, seja bem-vindo!
cart 0
Seu carrinho está vazio.

Todos os autores

1

null

2

null

A. Nadal

Los autores forman un equipo de educadores, expertos psicólogos y pedagogos, que han sabido ofrecer los resultados de su práctica profesional evaluativa y postevaluativa en Educación Infantil, sólidamente basada en su reflexión-acción sobre la tarea cotidiana en la escuela.

Acacia Kuenzer

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1972), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1979) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1984). É professora titular aposentada da Universidade Federal do Paraná. Atualmente é professora da Universidade Feevale, exercendo suas atividades no Programa de Doutorado em Diversidade e Inclusão Social. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação e Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: educação e trabalho, educação profissional, educação tecnológica, formação de professores, ensino médio integrado e formação inicial e continuada de magistrados e servidores que apoiam a prática jurisdicional.

Ademir Alves da Silva

Ademir Alves da Silva é assistente social, com doutorado em Serviço Social e Políticas Sociais pela PUC-SP, onde exerce a docência nos cursos de Serviço Social e de Relações Internacionais. Publicou, também pela Cortez, o livro Política Social e Cooperativas Habitacionais, além de vários artigos sobre Políticas Sociais, Seguridade Social e Serviço Social. Na PUC-SP, foi diretor da Faculdade de Serviço Social e do Centro de Ciências Humanas. Atuando na Secretaria Municipal de Assistência Social, há mais de 20 anos, ocupa o cargo de assessor técnico na gestão 2002-2004.

Adilson Citelli

Adilson Odair Citelli, é Professor titular da escola de Comunicação e Artes/USP, onde ministra cursos de graduação e pós-graduação. Pesquisador  1C do CNPq. Orienta teses e dissertações nas áreas de comunicação Educação e Linguagem verbal nos meios de comunicação.

Adolfo Ignácio Calderón

Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) (2000), com Pós-doutorado em Ciências da Educação na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (2008-2009). Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), formou Mestres em Educação no PPGE da Universidade Tuiuti do Paraná (2009-2010). Líder do GRAPSE - Grupo de Avaliação, Políticas e Sistemas Educacionais cadastrado junto ao CNPq/MCT. Membro do Conselho Científico da ABAVE-Associação Brasileira de Avaliação Educacional (2016-2018). Autor de mais de 60 artigos científicos, 40 livros e/ou capítulos de livros, participou em aproximadamente 100 Bancas de Mestrado e Doutorado. É Assessor ou consultor Científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), parecerista Ad-hoc da Avaliação de Periódicos da Coleção SciELO Brasil (Scientific Electronic Library Online), atuou como avaliador de cursos do INEP/MEC e é consultor Ad-hoc de fundações de amparo à pesquisa como FAPEMIG, FUNDECT, FAPESB, FUNADESP. É avaliador na área da Educação Superior do Conselho Estadual de Educação de São Paulo, ativo colaborador da ABMES-Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, tem atuado também como avaliador em Comitês Externos e Internos de Seleção e Avaliação do PIBIC-CNPq, em universidades privadas, comunitárias e estatais. É parecerista de Revista Científicas, tais como Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação (Fundação Cesgranrio), Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Estudos em Avaliação Educacional, Educação e Realidade, Acta Scientiarum Education, entre outras. Consultor da Avalia Educacional. Coordenou a pesquisa "Análise de fatores de alto desempenho e boas práticas em escolas da rede pública do estado do Ceará", promovida pelo Governo da Secretaria de Educação da Estado do Ceará. Membro do conselho deliberativo do Observatório da Educação de Campinas (FEAC). Suas pesquisas estão focadas em diversos aspectos da educação superior: avaliação educacional, rankings acadêmicos, responsabilidade social e extensão universitária. Na área da Educação Básica: avaliação de sistemas, políticas educacionais, voluntariado e eficácia escolar (boas práticas escolares, fatores de desempenho). Autor/co-autor, últimas obras: "Planos de educação no Brasil: planejamento, políticas, práticas" (Loyola Edições, 2014), ?Políticas e gestão da educação. Desafios em tempos de mudança" (Autores Associados, 2013); "Mapa dos Conselhos Municipais de Educação no Brasil: criação, implantação e funcionamento" (Loyola edições, 2013); "Gestão educacional. Amigos da Escola em Ação" (Editora Alínea, 2013). É membro das seguintes redes: Rede de Estudos sobre Implementação de Políticas Públicas Educacionais (REIPPE), Red Iberoamericana de Investigadores sobre Evaluación de la Docencia (RIIED) e Red Iberoamericana de Investigación sobre la Calidad de la Educación Superior (RIAICES).

Adriana Friedmann

Adriana Friedmann é Doutora em Antropologia pela PUC SP - Mestre em Metodologia do Ensino pela Faculdade de Educação da UNICAMP (1990) - Graduada em PEDAGOGIA pela Faculdade de Educação da USP (1983). Coordenadora Geral do Programa de Pós Graduação do Instituto Singularidades. Criadora e docente do Curso de Pós Graduação "Crianças de zero a três anos: formação de profissionais para as Infâncias no Brasil" no Instituto Singularidades. Criadora e docente do curso de Pós Graduação em Educação Lúdica no Instituto Superior de Educação Vera Cruz. Coordenadora do NEPSID - Núcleo de Estudos e Pesquisas em Simbolismo, Infância e Desenvolvimento. Co-fundadora e membro do Conselho Consultivo da ALIANÇA PELA INFÂNCIA, do Projeto Primeira Infância no estado do Amazonas, da Rede Nacional Primeira Infância, da rede Criança e Consumo e da GIve-On. Palestrante e consultora em inúmeras instituições nas áreas de: infância, brincar, educação infantil, linguagens simbólicas, expressão e auto-desenvolvimento de educadores, cultura de paz. Autora de vários livros e artigos nestas áreas.

Afonso Celso Scocuglia

Professor Titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professor Visitante da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Mestrado em Educação (UFPB), Doutorado em História (UFPE), Pós-Doutorado em Ciências da Educação (Université de Lyon, França, 2009) e Pós-Doutorado em História e Filosofia da Educação (Unicamp, 2010). Consultor de diversas instituições cujo rol vai desde o SEBRAE até a Prefeitura Municipal de Gravataí Rio Grande do Sul. Secretário de Estado da Educação da Paraíba, Brasil (2011-2012). Experiência em pesquisa nas áreas de História, Arquivologia e Educação, atuando principalmente nos campos da História da educação de Jovens e Adultos, História das Ideias de Paulo Freire, História e Memória, História do tempo presente e Arquivologia. Orientou dezenas de dissertações de mestrado e teses de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPB, do qual já foi Coordenador. Supervisionou pós-doutorados de professores de diversas Universidades brasileiras (entre as quais UFMG, UFAL, UFU). Participou como arguidor de dezenas de bancas de defesa e juris de dissertações de mestrado e teses de doutorado em Universidades brasileiras e estrangeiras. Possui várias publicações no Brasil e no exterior (França, Portugal, Espanha, Uruguai, Argentina e países da Organização dos Estados Ibero-americanos - OEI) entre as quais destacam-se dezenas de artigos científicos, livros e capítulos de livros. Tem se dedicado nos últimos anos às pesquisas nos Arquivos da ditadura militar no Brasil (1964-1985) cujo trabalho resultou em diversas publicações (artigos e livros). Integra vários Conselhos Editoriais de Revistas Científicas e atua como parecerista em diversas outras revistas científicas - a exemplo da Revista Educação e Sociedade (Unicamp) e da Eccos (Uninove/SP). Integrou por muitos anos o Grupo de Estudos e Pesquisa História, Sociedade e Educação (HISTEDBR) sediado na Unicamp/Brasil. Consultor/parecerista "ad hoc" do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq, Ministério da Ciência e Tecnologia) e da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Ministério da Educação) no Brasil, desde 2001. Foi professor visitante da Universidade de Buenos Aires entre 2010 e 2016. Coordenou um dos grupos da Rede Ibero-americana de Políticas Educativas (RIAIPE) do programa CYTED. No Pós-Doutorado em Ciências da Educação pela Université de Lyon foi pesquisador no Institut National de Recherche Pédagogique (INRP), França (2008-2009). Ministrou vários seminários e cursos no Institut des Sciences et Pratiques d´Éducation et de Formation (ISPEF) e no Institut d´Études Bresiliennes (IEB) da Université de Lyon, fez diversos cursos e seminários na École Normal Superieure (ENS, Lyon) com Alain Touraine, Michel Vovelle, Jacques Rancière, Paul Veyne, entre outros. Realizou duas co-direções de teses de doutorado na Université de Lyon (França) e na Université Paris III. Em agosto de 2010 completou o segundo estágio de Pós-Doutorado, desta vez em História e Filosofia da Educação, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) onde realizou pesquisas sobre a Ditadura Militar no Brasil (1964-1985) no Arquivo Edgard Leuenroth. Implantou e coordenou a Cátedra UNESCO de Educação de Jovens e Adultos e o Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos: História e Memória - Nordeste/Brasil. Foi membro da Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (CNAEJA-MEC). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq/Brasil desde 2001. Integra o Grupo de Pesquisa Arquivologia e Sociedade (GPAS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

 

Aglair Alencar Setubal

Aglair Alencar Setubal, possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Ceará (1970), mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal da Paraíba (1983) e doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995). Atualmente é professor titular do Instituto Camillo Filho, coordenadora do Núcleo de Extenção e Pesquisa da Pessoa Idosa - NEPI, do Programa Integração de Gerações - INTEGERA e presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa - CEDIPI-PI, no segundo mandato.

Agostinho Ornellas

Agostinho Ornellas é Escritor e Ilustrador, publicou os livros infantojuvenis "Chapeuzinho de Couro" (2013) e "Memórias de uma andarilha" ( 2011) pela Cortez Editora. Concluiu o Programa de Pós- Graduação em Artes da UERJ em 2013. Possui graduação em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá (2002) e graduação em Desenho Industrial - UniverCidade (2008).

Agustí Pascual Cabo

Es licenciado en filosofía y ciencias de la educación por la universidad de valencia. Actualmente trabaja como profesor en el centro Valenciano de educación de adultos a distancia (CEVEAD). Sus trabajos de investigación se centran en el análisis de las aportaciones de la cosiología curricular en el àmbito de la educación de adultos, así como en las conttribuciones del pensamiento y de las teorías gramscianas al campo educativo en general.

Aida Maria Monteiro Silva

Aida Maria Monteiro Silva é doutora e pós-doutora em Educação, Especialista em DH. Professora da UFPE. Integra o Núcleo de EDH, Diversidade e Cidadania; o Fórum Internacional de DH; o Comitê Nacional de EDH da SDH/Presidência da República do Brasil. É líder do Grupo de Pesquisa EDH. É autora de livros e artigos sobre formação do/a professor/a; didática, gestão escolar e educação em direitos humanos e coautora do Plano Nacional de EDH. Coordenadora da Coleção de EDH da Cortez Editora.

Alain Coulon

Professor Emérito titular em Ciências da Educação na Universidade Paris 8 desde 1990. Doutor em Ciências da Educação, Universidade Paris 8, 1975. Doutorado de Estado em Letras e Ciências Humanas, 1990. Diretor da Estratégia para o Ensino Superior e Inserção Profissional do Ministério do Ensino Superior e da Pesquisa da França (2009-2012). Diretor do Centro de Iniciação ao Ensino Superior da Sorbonne (1998-2004). Diretor Geral do Centro Nacional de Documentação Pedagógica (2004-2005). Membro da Comissão Nacional Francesa para UNESCO (2004-2012). Consultor internacional pela União Européia para ensino superior e pesquisa científica desde 2013. Autor de vários livros publicados e traduzidos em diversas línguas, vários artigos, relatórios de pesquisa e comunicações. Professor convidado em diferentes países e universidades (Brasil, Itália, Japão, Estados Unidos, Espanha, Suíça, Bélgica, Tunísia, Argélia, China). Orientou muitos mestrados e doutorados na França. Principais áreas de pesquisa: sociologia, sociologia da educação, ensino superior, etnometodologia, etnografia, métodos qualitativos.

Albert Adu Boahen

O historiador, professor e político ganês Albert Adu Boahen Kwadwo (1932-2006) é especializado na história contemporânea de África e na história do Gana.